Está aqui

0 Comentários

Seis anos depois do seu divórcio de Jennifer Aniston, Brad Pitt fala do seu primeiro casamento numa entrevista com a revista “Parade”, onde faz algumas confissões surpreendentes.

Nas suas próprias palavras, Brad Pitt revela que “passei os anos 90 a tentar esconder-me da fama, mas comecei a cansar-me de passar a vida sentado no sofá, de charro na mão, a esconder-me. Começou a ser patético. Tornou-se claro para mim que passava a vida a procurar um filme sobre uma vida interessante, mas eu próprio não estava a viver uma vida interessante. Eu acho que o meu casamento (com Jennifer Aniston) também não ajudou muito. Estava a fazer de conta que o nosso casamento era algo que na realidade não era.” Já sobre a sua atual companheira, Angelina Jolie, Brad Pitt não lhe poupa elogios: “Uma das melhores coisas, uma das coisas mais inteligentes que alguma vez fiz, foi dar aos meus filhos a Angie como mãe. Ela é uma mãe fantástica. Estou tão feliz por a ter.” Agora a questão é: o que terá pensado Jennifer Aniston desta entrevista?

Celebridade: